Novo

Anel Rubi Indiano Natural, Prata 925. Fp - 11054602

741 reais con 60 centavos no boleto 10% OFF

824 reais em 12x 68 reais con 67 centavos sem juros

10% OFF no boleto

Frete grátis

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Disponível 5 dias após sua compra

Último disponível!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Garantia de fábrica: 10 anos

Meios de pagamento

Boleto parcelado em até 12x

Mercado Crédito

Cartões de crédito

Mastercard
Hipercard
Elo
Visa

Cartões de débito

Mastercard Débito
Elo Debito
Visa Débito

Pix

Pix

Boleto bancário

Boleto

Características principais

FabricanteFlavio Crestana
MarcaFlávio Crestana joias artesanais ltda
ModeloAnel Rubi Indiano Natural Prata 925 maciça. Fabricação própria
MaterialPrata 925 maciça.

Outras características

  • Tipo de anel: Fundido em Prata 925 com Rubi indiano natural

  • Estilos: Moderno

  • Com pedra: Sim

  • Tipos de pedras: Rubi indiano

  • Pureza do metal: 925

  • Idade: Adultos

  • Acabamento: Polido

  • Lapidação da pedra: Redondo

  • É kit: Não

Guia de tamanhos

TamanhoBRLargo total
10 10 5,00 cm cm
11 11 5,10 cm cm
12 12 5,20 cm cm

Descrição

Selecione uma medida disponível, se não houver a medida do seu dedo disponível, selecione a opção: 1 – Encomendar medida (enviamos no prazo de 3 a 5 dias) e envie uma mensagem no chat da compra ou no whatsapp informando a medida assim que finalizá-la. Se a medida do seu dedo aparecer como a pronta entrega o envio é imediato.

ANEL RUBI INDIANO, Prata 925 maciça. Fabricação própria - 11054602

METAL: PRATA 925 maciça.
PEDRA: Rubi natural.
PESO MÉDIO: 12 gramas.
LARGURA da parte alta: 21 mm
Peça exclusiva e criada por Flávio Crestana.

Fornecemos garantia de entrega, certificado de garantia e autenticidade, nota fiscal e embalagem para presente.

Rubi é uma pedra preciosa avermelhada, cuja cor é causada principalmente pela presença de Crômio.

O rubi é minerado na África e na Austrália Eles são mais comuns em Myanmar, no Sri Lanka e na Tailândia. Algumas vezes ocorrem juntamente com Espinelas nas mesmas formações geológicas ocorrendo confusão entre as duas espécies: no entanto, bons exemplares de Espinelas vermelhas têm um valor próximo do rubi.

O rubi tem dureza 9 na escala de Mohs, e entre as gemas naturais somente é ultrapassado pelo Diamante em termos de dureza. As variedades de Corindon (óxido de alumínio, presente no Rubi) não vermelhas são conhecidas como Safiras.

As gemas de rubi são valorizadas de acordo com várias características incluindo tamanho, cor, claridade e corte. Todos os rubis naturais contêm imperfeições. Por outro lado, rubis artificiais podem não conter imperfeições. Quanto menor o número e menos óbvias as imperfeições, mais caro é o rubi - a menos que não tenha imperfeições (i.e., um rubi "perfeito") - então ele é suspeito de ser fabricado artificialmente e seu status de gema sem preço não é garantido. Alguns rubis manufaturados têm substâncias adicionadas a eles para que possam ser identificados como artificiais, mas a maioria requer testes geológicos para determinar a sua origem.

O maior rubi estrela do mundo é o Rajaratna, que pesa 495 g. O maior rubi estrela-dupla do mundo (com uma estrela de 12 pontas) é o Neelanjali, pesando 274 g. Ambos pertencem à G. Vidyaraj de Bangalore, India.